DEFININDO METAS PARA O COACHING

Muitas coisas nos animam e nos interessam, mas nem tudo o que nos interessa ou que nós já cogitamos ter será de fato uma meta. Meta é alguma coisa a qual escolhemos tirar do universo incerto das possibilidades para transformar em realidade.
Coaching

O que já desejou ou sonhou ter em sua vida que merece ser elevada ao “status” de meta?

Metas serão mais fáceis e motivam quando estão em consistência com seus valores, ou seja, quando vão de encontro ao que lhe parece mais importante. Ou que ajudam que essas coisas consideradas importantes sejam alcançadas ou atendidas.

O que lhe parece mais importante? O que gostaria que se transformasse em uma META a qual, ao mesmo tempo, contempla ou está em harmonia com o que lhe é mais caro?

A meta que eu desejo realizar: ____________________________________

Para AUMENTAR O PODER de realizar sua meta dentro de sua mente, trabalhe um a um os critérios abaixo:

A META DEVE SER DECLARADA DE FORMA POSITIVA: O que especificamente você quer conseguir/ obter?

A META DEVE SER INICIADA A PARTIR DE SEU ESTADO ATUAL: Especifique a situação atual. Onde está hoje em sua vida se comparado com o objetivo desejado? Como – especificamente – pode iniciá-la a partir deste ponto?

A META DEVE GERAR MOTIVAÇÃO: Especifique o objetivo. Porque a meta é importante em si e na sua vida como um todo? Quais valores serão contemplados com sua realização, qual o prazer e a satisfação que experimentará ao construir e alcançar a meta? Porque valerá à pena?

A META DEVE PROVER EVIDÊNCIA de que está sendo construída e alcançada: Crie uma representação motivadora com o que vai ver, ouvir e sentir DURANTE O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO e também o processo de CONQUISTA da meta. Se imaginar que já a vive num futuro onde a meta é parte de você e que esse futuro é agora presente, o que vai ver, ouvir e sentir nele?

A META DEVE LEVAR EM CONTA A ECOLOGIA PESSOAL: ELA é compatível com o resto da sua vida? Vai repercutir de forma harmônica em seu entorno? Senão, quais ajustes necessita fazer para que esta se torne mais harmônica?

A META DEVE TER A PRÓPRIA PESSOA COMO RESPONSÁVEL POR SUA MANUTENÇÃO E INICIAÇÃO: Que passos podem ser iniciados e gerenciados por você?

A META DEVE LEVAR EM CONTA O CONTEXTO: Onde, como, com quem – especificamente – pretende alcançar o SEU objetivo? O que pode fazer nesse sentido?

A META DEVE LEVAR EM CONTA OS RECURSOS DISPONÍVEIS: Quais recursos estão disponíveis dentro e fora de si e quais outros recursos são necessários para o alcance de sua meta?

A META DEVE SER REALISTA, ou seja, possível de ser iniciada e alcançada. O que realmente é possível e realmente pode ser feito para o alcance de seus objetivos?

A META DEVE GERAR PRAZER. Quanto prazer poderá obter e suportar com o alcance da meta?

Agora que formulou sua meta de acordo com critérios que favorecem sua realização, é chegado o momento de se perguntar: O que vou começar a fazer para alcançar essa meta? Como vou agir na realidade, para materializá-la?

TRABALHANDO METAS E ESTIMULANDO

O CÉREBRO A AUMENTAR O FOCO

Para complementar o processo, arranje fotos, panfletos, recortes de revista e tudo mais que puder acerca da prática esportiva em questão. Monte um painel ou impresso e coloque na sua geladeira prendendo com ímãs ou na parte interna da porta do armário o qual você abre todos os dias, no espelho no qual se olha e escova os dentes e talvez como descanso de tela em seu computador, por exemplo. Tal exposição repetida ajudará a “mostrar” repetidas vezes para seu cérebro o que deve de ser procurado, mesmo que não fique pensando muito a respeito conscientemente.

Se existem dissonâncias entre suas ações do dia-a-dia e suas metas, identifique os elementos dissonantes e pergunte-se o que pode aprender com eles, buscando reduzir a dissonância e aumentar a harmonia.

Dissonâncias e indecisões a respeito do que estamos buscando conseguir indicam que temos que examinar algo que está emergindo do fundo de nosso ser. Interesse-se pelo que pode aprender com elas.

Ao identificar dissonâncias, agradeça a essa “parte interior” por estar “sinalizando” aspectos que precisam de sua atenção e use a estratégia de perguntar-se quais são as intenções positivas potenciais desta parte, ou seja, o que ela está tentando fazer por você através da manifestação dessas desarmonias ainda presentes. Elas estão servindo ou podem servir para que? Em seguida desenvolva formas curiosas e saudáveis de lidar com isso diferente do que vinha fazendo até agora.

Muitas são as nossas metas: profissionais, físicas (relacionadas ao corpo e saúde), metas espirituais, familiares, afetivas, sociais, religiosas entre outras. É importante que todas estas metas sejam congruentes entre si, e, evidentemente, congruentes com as suas grandes metas na vida. Se isso não ocorrer, você estará gerando dissonâncias múltiplas de metas, o que atrapalha o alcance dos resultados pretendidos. Por exemplo: A Meta de ser saudável contrasta com o ato de fumar dois maços de cigarro por dia.

O QUE DEPENDE DE MIM PARA CONSTRUIR MAIS HARMONIA, CONGRUÊNCIA E CONSISTÊNCIA PESSOAL?

Pergunte-se sempre: Como posso me divertir e sentir prazer no processo de construir minha meta?

Muito sucesso!

ANDRÉ PERCIA

NLP MASTERCOACH TRAINER CERTIFICADOR INTERNACIONAL

DESIGN HUMAN ENGINEER(TM)

HIPNÓLOGO

www.youtube.com/Andrepercia

www.serharmonico.com.br

cursos@serhamonico.com.br


Metas para 2018